Projeto foi apresentado pelo vice-prefeito de Fortaleza, Élcio Batista e pela secretária municipal das Finanças, Flávia Teixeira (FOTO: Jamia Figueirêdo)

Prefeitura de Fortaleza apresenta projeto Barras do Mar no UrbanShift, fórum sobre desenvolvimento e sustentabilidade para cidades

Elaborada pelo Instituto de Planejamento (Iplanfor), a iniciativa  prevê o redesenvolvimento de 12 píeres entre o Pirambu e a Barra do Ceará
Transformação urbana
18/04/2024 • 16h38 | Atualizado há 01mese 01dia

O projeto Parque Litorâneo Barras do Mar, desenvolvido pelo Instituto de Planejamento de Fortaleza (Iplanfor), foi apresentado durante o UrbanShift Latin American Forum. A edição da conferência regional ocorre em Belém (PA), de 16 a 19 de abril, e discute como custear cidades verdes e inteligentes. Financiada pelo Fundo para o Meio Ambiente Global (GEF) e liderada pelo Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente (PNUMA), a iniciativa oferece capacitação e networking para lideranças.

Na ocasião, o projeto integrou o painel Macrointervenções de adaptação - Transformando cidades resilientes e foi apresentado pelo vice-prefeito de Fortaleza Élcio Batista e pela secretária municipal de Finanças, Flávia Teixeira. “O Barras do Mar é um projeto de transformação urbana, resiliência e adaptação climática. Várias organizações internacionais ficaram super interessadas em financiar esse projeto para a Prefeitura”, disse. 

Segundo a superintendente do Iplanfor, Larissa Menescal, o Barras do Mar foi elaborado sob o tripé do microurbanismo experimental: inovação, pedagogia urbana e cocriação, orientado por dados e evidências. “As ações que vão redesenvolver a orla impactam diretamente no enfrentamento a eventos extremos, como ilhas de calor e aumento do nível do mar. Além disso, é um projeto que impacta diretamente no desenvolvimento econômico local". 

Além de Fortaleza, foram apresentados projetos de cidades como Rio de Janeiro, São Paulo, Salvador, Florianópolis, Belo Horizonte e Quito (Equador). O evento reuniu representantes de grandes bancos e de instituições dispostas a financiar iniciativas municipais alinhadas à agenda climática e à redução de desigualdades

Barras do Mar

O Parque Litorâneo Barras do Mar visa ao desenvolvimento urbanístico dos 12 espigões existentes entre a Vila do Mar e a Barra do Ceará. Inicialmente, serão feitas intervenções no píer 12. O projeto completo nessa unidade inclui a instalação de uma pista de skate park, street e pump track como principal atrativo. Além disso, serão instalados equipamentos de esportes náuticos, jardins sensoriais, pista de corrida e bicicleta, playgrounds naturalizados, anfiteatro ao ar livre, mirantes, dentre outros equipamentos. Serviços básicos como banheiros e quiosques comerciais serão adicionados posteriormente.

No Barras do Mar, cada um dos píeres  terá uso e design diferentes. Quando for finalizado, o Parque Litorâneo vai beneficiar toda a Capital, trazendo impacto imediato às comunidades do Pirambu e do Moura Brasil, beneficiando cerca de 40 mil pessoas que residem ali. O objetivo é criar um corredor litorâneo para contribuir com a mitigação climática de eventos extremos, como ilhas de calorde calor e a elevação do nível do mar, além de tornar a região um destino para habitantes e visitantes.

O investimento da Prefeitura de Fortaleza para as obras do píer 12 é da ordem de R$10 milhões.

“Apresentar um projeto que receba apoio técnico e financeiro de instituições privadas será um marco fundamental para o desenvolvimento da cidade como um todo, porque interliga nossos 12 piers em um lugar de grande potencial turístico, devido à economia marítima do entorno”, afirmou Élcio.  
 

Leia

também

Nós usamos cookies para melhorar sua experiência de navegação no Portal. Ao utilizar o Portal da Prefeitura você concorda com a política de privacidade e termos de uso. Termos de Uso Política de Privacidade Prosseguir